Home Destaque Call of Duty promete voltar às origens em 2017

Parece que Call of Duty: Infinite Warfare, lançado em novembro de 2016, definitivamente não agradou os fãs da série. Enquanto seu principal rival, Battlefield, explorava a pouco abordada Primeira Guerra Mundial nos jogos, a Activision trouxe uma guerra futurista para o COD: Infinite Warfare que logo em seu primeiro trailer não agradou ninguém.

Infinite Warfare falhou em corresponder às expectativas da editora, portanto, o próximo jogo, que será lançado este ano e está a ser desenvolvido pela Sledgehammer Games, e voltará às origens, ou seja, entendemos que o futurismo será esquecido por enquanto.

Eric Hirshberg explicou que, apesar das inovações que Infinite Warfare trouxe para a jogabilidade, a temática não ressonou entre os fãs da série. Resta saber o que significa ao certo um regresso às origens. Os primeiros Call of Duty foram baseados na Segunda Guerra Mundial, mas por outro lado, o regresso origens também pode significar um reaproveitar da temática moderna de Modern Warfare.

Apesar de Infinite Warfare não ter correspondido às expectativas, a Activision salientou na sua apresentação que é a série com mais sucesso dos últimos 20 anos. Também foi dito que os DLCs de Black Ops 3 bateram recordes de receitas.

Fonte: Eurogamer PT

1 resposta a este post

Deixe uma resposta